Phocoena dalli - Porpoid

Phocoena dalli - Porpoid

FOCOENOIDES DALLI


Nota 1

CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA

Reino

:

Animalia

Filo

:

Chordata

Subfilo

:

Vertebrata

Aula

:

Mamíferos

Pedido

:

Cetáceos

Subordem

:

Odontoceti

Família

:

Phocoenidae

Gentil

:

Focoenoides

Espécies

:

Phocoenoides dalli

subespécies

:

Phocoenoides dalli dalli

subespécies

:

Phocoenoides dalli truei

Nome comum

: toninha

DADOS GERAIS

  • Comprimento do corpo : 1,80 - 2,20 m
  • Peso: 130 - 220 kg
  • Vida útil: 16 - 17 anos
  • Maturidade sexual: feminino 3 - 6 anos; masculino 5 - 8 anos

HABITAT E DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA

Phocoenoides dalli pertencendo à família de Phocoenidae e conhecido simplesmente como toninha, inclui os cetáceos que vivem na parte norte do Oceano Pacífico e nos mares adjacentes. O limite norte é o Mar de Bering. Eles são encontrados principalmente durante os meses de inverno no Golfo da Califórnia (México) e também ao longo da costa japonesa.

São criaturas que vivem principalmente em águas frias e profundas, tanto que se pensa que quando se aproximam da costa o fazem exclusivamente porque seguem ravinas subaquáticas.

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS

Entre todos os membros da família Phocoenidae, os botos são os maiores, atingindo 2,20 m de comprimento e 220 kg de peso. Esse volume maior dá a esses botos maior força física.


Nota 1

Quanto à cor da pelagem, foram observadas diferentes tonalidades: toda branca ou toda preta; listras pretas e brancas correndo por todo o corpo; a parte dorsal toda preta com grandes manchas laterais e ventrais brancas (o tipo mais comum).

Eles também, como todos os membros da família, têm uma cabeça pequena sem a tribuna típica dos golfinhos e com uma testa inclinada.

As barbatanas peitorais são muito pequenas em proporção ao corpo e muito à frente, perto da cabeça; a barbatana dorsal é a típica da família, de formato triangular, enquanto a barbatana caudal é grande e robusta o que lhe permite atingir velocidades de 35 km / h.

Pensa-se que são cetáceos que conseguem ir muito fundo, visto que os peixes que vivem nas profundezas do mar foram encontrados nos seus estômagos.

CARÁTER, COMPORTAMENTO E VIDA SOCIAL

Eles não são animais que vivem em grandes grupos, no máximo em grupos de 10-20 indivíduos, mesmo que agregações muito maiores tenham sido ocasionalmente observadas.

Às vezes, grupos formados por Phocoenoides dalli, a partir de Phocoena phocoena e a baleia cinza, especialmente em áreas do Alasca.

Eles são animais migratórios que se dirigem para o sul no inverno.

Comparados aos outros botos, são peculiares por não apresentarem o caráter reservado e tímido típico dos membros desta família.


Nota 2

Eles são vistos pulando da água e nadando em ziguezagues muito rapidamente. Como você pode ver na imagem ao lado, esses botos quando nadam são tão rápidos que criam borrifos em forma de leque chamados de "cauda de galo", pois se assemelham à cauda de um galo e isso representa um caráter distinto para o seu reconhecimento quando são vistos. whiz no mar aberto.

COMUNICAÇÃO E PERCEPÇÃO

Porpoids usam ecolocalização (um sistema semelhante a um sonar na cabeça) para navegar e capturar a presa. Pensa-se que também pode ser usado para comunicação entre espécies. São animais que emitem uma grande variedade de sons, incluindo cliques, guinchos e assobios.

HÁBITOS ALIMENTARES

A dieta dos botos é composta por lulas, pescadas, cavalas, arenques, sardinhas e crustáceos. Eles se alimentam principalmente à noite.

REPRODUÇÃO E CRESCIMENTO DOS PEQUENOS

Os sistemas de acasalamento e a biologia reprodutiva do Phocoenoides dalli. Das poucas observações realizadas, deduziu-se que geralmente não se reproduzem todos os anos, mas sim a cada 3-4 anos, provavelmente devido ao fato de a amamentação dos jovens durar cerca de dois anos. A gestação deve durar cerca de 11 meses, ao final dos quais nasce apenas uma pequena com cerca de 0,80 - 1,2 m de comprimento.

Os machos não contribuem para o cuidado da prole.

PREDAÇÃO

Os principais predadores são leorcas (exceto o homem).

ESTADO DA POPULAÇÃO

Phocoenoides dalli está classificado na lista vermelha do IUNC (2009.1) entre os animais com baixo risco de extinção na natureza MENOS PREOCUPAÇÃO (LC) pois estima-se que existam mais de um milhão de espécimes em todo o mundo.

Milhares de espécimes são mortos todos os anos pelos japoneses e pelos russos porque são ativamente caçados e porque ficam presos em redes de pesca.

IMPORTÂNCIA SOCIAL, ECONÔMICA E DO ECOSSISTEMA

Esses cetáceos são importantes predadores de cefalópodes e peixes em geral.

São muito importantes no ecoturismo por serem animais muito sociáveis ​​e brincalhões, interagem muito bem com os humanos.

CURIOSIDADE'

Phocoenoides dalli ela deve seu nome a William H. Dall, zoólogo americano que foi um dos primeiros a identificar a espécie.

Observação

(1) Imagem tirada de Wild Whales b.c. rede de avistamentos de cetáceos
(2) Imagem sem direitos autorais: Foto de cortesia NOAA - Alaska Fisheries Science Center


Vídeo: Spectacled porpoise. 안경돌고래. Marsopa de Anteojos. メガネイルカ. Golfinho-de-óculos.