DELFÍNIOS: COMO CRESCER E CUIDAR DO DELFÍNIO PERENAL

DELFÍNIOS: COMO CRESCER E CUIDAR DO DELFÍNIO PERENAL

Jardim de flores com delfínios híbridos do Pacífico gigante. Foto por: John Glover / Alamy Foto de stock.

Os delfínios trazem altura e cor incomparáveis ​​aos jardins de verão com seus vistosos espigões de flores vibrantes. As cores mais comuns são tons de azul ou roxo, mas existem outras disponíveis. Eles florescem com flores simples, semi-duplas ou duplas, também chamadas de florzinhas.

Os Delphiniums podem exigir muita manutenção, precisando apenas das condições certas. Eles preferem verões amenos e frios com baixa umidade. Plante-os em um local com umidade adequada e solo bem drenado. Felizmente, novas cepas de híbridos estão sendo desenvolvidas e não são tão complicadas.

Nesta página: O básico | Como plantar | Cuidado | Imagens de Delphinium | Dicas de design de paisagem | Corte e arranjo | Alternativas Delphinium

  • NOÇÕES BÁSICAS DO DELFÍNIO
  • PLANTAÇÃO DE DELFÍNIMOS
  • CUIDADOS DE DELFÍNIO
  • FOTOS DE DELFÍNIO
  • DICAS DE DESIGN DE PAISAGEM
  • CORTANDO E ARRANJANDO DELFÍNIMOS
  • ALTERNATIVAS PARA CRESCER DELFÍNIOS

NOÇÕES BÁSICAS DO DELFÍNIO

Zonas:

3-7; melhor plantado anualmente em climas mais quentes.

Altura / propagação:

Varia de acordo com o tipo. As variedades mais altas são encontradas dentro do Delphinium elatum grupo, com talos regularmente 5 a 6 pés de altura (com alguns chegando a 8 pés) e uma extensão de 2 pés. O D. belladonna o grupo tem em média de 3 a 4 pés de altura com uma propagação de 2 pés. Variedades anãs, como D. grandiflorum, variam de 1 a 2 pés de altura e 12 a 18 polegadas de largura.

Exposição:

As plantas Delphinium requerem 6 a 8 horas de sol por dia, e o sol suave da manhã e do início da tarde é o preferido. As raízes precisam de sombra úmida e fresca.

Bloom Time:

Verão (junho - julho)

Cor:

Os delfínios florescem em uma ampla variedade de cores, incluindo azuis verdadeiros, roxo, lavanda, rosa, escarlate, branco e raramente amarelo. Os pequenos centros das flores são chamados de "abelhas" e podem ser brancos, castanhos, castanhos, pretos ou listrados.

Tipos:

Os delfínios mais populares pertencem ao D. elatum, D. belladonna, D. grandiflorum e grupos híbridos.

  • Grupo Elatum: Esta formação de aglomerados flores perenes com numerosas flores simples, semi-duplas ou duplas no início até meados do verão. Flores até 5-1 / 2 polegadas em hastes de preenchimento que são comumente 5 a 6 pés de altura. Cultivar esta variedade pode não ser para o jardineiro iniciante, pois eles requerem uma manutenção bastante difícil.
  • Grupo Belladonna: Esta planta perene ereta produz caules de flores que florescem com pontas ramificadas de flores simples ou duplas, de 1 a 2-1 / 2 polegadas. Belladonnas são compostas principalmente por cruzamentos híbridos de D. elatum e D. cheilanthum e variam de 3 a 4 pés de altura.
  • Grupo Grandiflorum: Também chamada de delfínio chinês ou siberiano, esta variedade tem um hábito compacto e espesso e cresce de 30 a 60 centímetros de altura e quase a mesma largura. Grandiflorums desabrocham flores azuis ou brancas no meio do verão e tendem a ter uma tolerância ao calor mais alta do que outras espécies de delfínio.
  • Gigantes do Pacífico: Os híbridos do Pacífico, também conhecidos como Pacific Giants, podem crescer até 4-6 pés de altura e incluem cultivares populares como 'Black Knight', 'Galahad', 'King Arthur', 'Blue Jay' e 'Blue Bird'.
  • Híbridos da Nova Zelândia: Os híbridos da Nova Zelândia são de tamanho médio e incluem favoritos como 'Pagan Purples', 'Dasante Blue' e a série New Millennium.

Toxicidade:

Todos os delfínios são considerados tóxicos e partes da planta e da flor podem causar grande desconforto a humanos e animais se ingeridos. Luvas e mangas compridas devem ser usadas ao trabalhar com delfínios, pois o contato com a folhagem pode resultar em irritação da pele.

Outro:

Os delfínios atraem polinizadores como abelhas, borboletas e beija-flores; resistente a veados e coelhos.

PLANTAÇÃO DE DELFÍNIMOS

Quando plantar:

Plante delfínios em vasos na primavera.

Onde plantar:

Os delfínios devem ser plantados em uma área que receba de 6 a 8 horas de sol por dia, de preferência o sol da manhã. Eles precisam de abrigo contra ventos fortes e chuvas torrenciais para evitar danos aos caules altos das flores. Água parada causa apodrecimento da coroa e da raiz, portanto, um local bem drenado é obrigatório. Para prevenir doenças, plante em uma área que permita boa circulação de ar e onde não haja superlotação.

Como plantar:

Prepare o local de plantio com matéria orgânica ou composto a 1 pé de profundidade. Plante delfínios em um buraco com o dobro do diâmetro do recipiente e preencha com solo que foi bem misturado com a matéria orgânica. O topo da raiz deve estar nivelado com o solo.

CUIDADOS DE DELFÍNIO

Caules de flores de Delphinium suportados por estacas. Foto por: Malgorzata Larys / Alamy Foto de stock.

Poda:

Para uma melhor floração, as novas plantas devem ser desbastadas para 2 a 3 bons brotos quando estiverem com 3 polegadas de altura. As plantas estabelecidas podem ser desbastadas para 5 a 7 dos melhores brotos. Corte o caule principal após a floração até o nível de seus rebentos laterais menores, que florescerão secundariamente com flores ligeiramente menores. Para encorajar uma segunda floração, porém menor, no final do verão ou início do outono, corte os caules no chão logo após a floração. Podar a planta inteira até o solo depois que ela murchar no outono.

Solo:

Solo bem drenado e rico em húmus é obrigatório, de preferência ligeiramente alcalino. Embora a cobertura morta ajude a preservar a umidade do solo, se for aplicada muito perto das hastes, pode causar seu apodrecimento. Para delfínios mimados, a qualidade do solo desempenha um papel importante no sucesso ou no fracasso.

Emendas e fertilizantes:

Aplique um fertilizante líquido balanceado de liberação lenta a cada 2 a 3 semanas. Evite fertilizantes com alto teor de nitrogênio. O estrume compostado aplicado no outono ajuda a complementar esses comedouros pesados.

Rega:

Regue profundamente durante os períodos sem chuva, mas não permita água parada. Os delfínios gostam de umidade, mas a água que perdura causa o apodrecimento da coroa e da raiz. Água delfínios na base, mantendo a folhagem seca para ajudar a prevenir doenças.

Propagação:

De acordo com o National Garden Bureau, setembro a março é a melhor época para semear delfínios. Use sementes frescas, pois a germinação pode ser ruim depois de um ano. A pré-imersão é recomendada para melhorar a taxa de germinação, juntamente com temperaturas de 65 à noite e 75 durante o dia durante a germinação. Cubra as sementes com apenas 1/8 de polegada de solo e mantenha-as uniformemente úmidas, mas não molhadas, pois isso pode causar o apodrecimento. Tamanho de bandeja menor em vez de tamanho maior também é recomendado. Transplante após as plantas terem dois conjuntos verdadeiros de folhas.

É comum que os delfínios não floresçam no primeiro ano, então seja paciente e você deverá vê-los ganhar vida no segundo ano. Sementes coletadas de híbridos que crescem no jardim podem não produzir descendentes que floresçam de acordo com a cor.

Doenças e pragas:

Os delfínios são suscetíveis a uma série de doenças, incluindo oídio, mancha do Sul, manchas bacterianas e fúngicas, mofo cinza, podridão da coroa e da raiz, ferrugem e outros. Plantar delfínios em uma área bem ventilada e manter a folhagem seca ajudará muito na prevenção de doenças. Deve-se ter cuidado para proteger as plantas jovens de caracóis e lesmas, pois podem causar danos consideráveis. Os delfínios também são comumente infestados por ácaros ciclames, pulgões e nematóides.

Se seus delfínios estão com um desempenho ruim, o livro Perenes essenciais oferece estas dicas:

  • Folhagem manchada de preto pode significar ácaros ciclâmen.
  • Folhas enroladas e distorcidas geralmente indicam pulgões.
  • A folhagem amarela e o crescimento atrofiado podem ser causados ​​por nemátodos (também pode ser devido à falta de fertilizante).
  • Cárie negra e malcheirosa na base é a coroa bacteriana ou podridão da raiz causada por má drenagem.
  • Folhas e caules desfigurados, juntamente com crescimento atrofiado, podem ser um sinal de oídio.

Apoiar:

Além das variedades anãs, os delfínios exigem estaqueamento. Seus caules ocos se quebram quando soprados pelo vento ou quando as flores ficam pesadas com a chuva. Estabeleça-os com suportes resistentes e prenda-os em intervalos de 12 a 18 polegadas.

FOTOS DE DELFÍNIO

Deslize para ver os slides

Foto por: Walters Gardens, Inc.

Delphinium elatum ‘Million Dollar Blue’
(Série de milhões de dólares)

Zona: 3-7

Altura / propagação: 2-1 / 2 a 3 pés de altura, 18 a 24 polegadas de largura

Exposição: Sol pleno

Cor: Tons de azul

Flores semi-duplas a duplas, melhor tolerância ao calor

Foto por: Dowdswell’s Delphinium Ltd / Cortesia de Walters Gardens, Inc.

Delphinium elatum ‘Black Eyed Angels’
(Nova Série Millenium)

Zona: 3-7

Altura / propagação: 3 a 5 pés de altura, 18 a 24 polegadas de largura

Exposição: Sol pleno

Cor: Flor branca com abelha preta

Maior tolerância ao calor, magnífico quando plantado em massa

Foto por: Dowdswell’s Delphinium Ltd / Cortesia de Walters Gardens, Inc.

Delphinium elatum ‘Pink Punch’
(Nova Série Millenium)

Zona: 3-7

Altura / propagação: 3 a 5 pés de altura, 18 a 24 polegadas de largura

Exposição: Sol pleno

Cor: Amora rosa, com abelha listrada de branco, marrom ou rosa

Melhor tolerância ao calor, hastes fortes e um cultivo vigoroso

Foto por: Rock Giguere / Millette Photomedia.

Delphinium xbeladona ‘Delft Blue’

Zona: 3-7

Altura / propagação: 3 pés de altura, 12 a 18 polegadas de largura

Exposição: Sol pleno

Cor: Azul claro

Flores únicas em dois tons

Foto por: Garden World Images, Ltd / Alamy Foto de stock.

Delphinium grandiflorum ‘Espelho Azul’

Zona: 3-7

Altura / propagação: 2 pés de altura, 18 polegadas de largura

Exposição: Parcial a pleno sol

Cor: Flores azul-violeta

Variedade mais curta, bloomer confiável

Foto por: Garden World Images, Ltd / Alamy Foto de stock.

Delphinium ‘Cavaleiro Negro’
(Pacific Hybrid)

Zona: 3-8

Altura / propagação: 4 a 6 pés de altura, 18 a 24 polegadas de diâmetro

Exposição: Sol pleno

Cor: Roxo

Excelente qualidade de flores e caule, boa para flores de corte

Foto por: Holmes Garden Photos / Alamy Foto de stock.

Delphinium ‘Galahad’
(Pacific Hybrid)

Zona: 3-8

Altura / propagação: 5 a 6 pés de altura, 12 polegadas de largura

Exposição: Sol pleno

Cor: Flor branca, com abelhas brancas

Flores grandes e semi-duplas atraem abelhas, borboletas e beija-flores

Foto por: Steffen Hauser, botanikfoto / Alamy Foto de stock.

Delphinium ‘Roxos Pagãos’

Zona: 3-7

Altura / propagação: 4 a 6 pés de altura, 18 a 24 polegadas de largura

Exposição: Parcial a pleno sol

Cor: Flores azul-púrpura, com abelhas brancas ou marrons

Vigor comprovado, caules fortes, bom para flores de corte

DICAS DE DESIGN DE PAISAGEM

  • Os delfínios são uma escolha popular para jardins em estilo de casa de campo.
  • Crie delfínios altos na parte de trás de uma borda mista ou como uma peça central para um canteiro de flores de ilha para realce vertical.
  • Para o melhor show, plante delfínios em grupos ou em massa.
  • Plante contra uma cerca para maior suporte e proteção contra o vento.
  • A erva daninha, o hissopo e a sálvia de Joe Pye são bons companheiros de jardim.

CORTANDO E ARRANJANDO DELFÍNIMOS

Siga estas dicas úteis para usar delfínios como flores de corte:

  • Corte delfínios em um ângulo de 45 graus quando muitas das flores já estiverem abertas.
  • Enxágue bem os caules antes de colocá-los no vaso.
  • Remova qualquer folhagem que ficará debaixo d'água para ajudar a manter a água limpa.
  • Refresque as pontas cortadas dos caules e troque a água a cada 2 a 3 dias.
  • Exiba o arranjo em um local fresco, longe da luz direta do sol.

ALTERNATIVAS PARA CRESCER DELFÍNIOS

Muitos jardineiros evitam delfínios em crescimento em seus jardins por causa de suas necessidades de alta manutenção. Se você não está pronto para os desafios do cultivo de flores delphinium, mas ainda quer a aparência de hastes de flores altas, você pode considerar uma destas alternativas:

  • Larkspur anual (Consolida ajacis)
  • Gladíolo
  • Dedaleira
  • Hollyhock
  • Baptisia

RELACIONADO:
Cor no jardim
21 flores azuis para o seu jardim
Idéias para jardins de verão


Delphinium Winter Care: preparando plantas Delphinium para o inverno

Delphinium é uma planta imponente com flores altas e pontiagudas que embelezam o jardim em grande estilo durante os primeiros meses de verão. Embora essas plantas perenes resistentes sejam fáceis de conviver e exijam um mínimo de cuidado, algumas etapas simples garantirão que sobrevivam ilesas ao frio do inverno.


Sobre plantas Delphinium

É comum pensar em plantas delphinium (Delphinium) como tendo flores azuis verdadeiras, que é a cor mais comum. Mas vários híbridos estão disponíveis em tons de rosa, lavanda, vermelho, branco e amarelo. As flores podem ser simples ou duplas.

O plantio de delfínio é normalmente na parte de trás do canteiro, onde as pontas das flores podem atingir 2 a 6 pés (0,6-2 m) de altura. As flores de Delphinium são frequentemente plantadas em massas ou grupos. Variedades mais curtas são úteis em outras áreas do jardim.


O que você aprenderá

A explicação mais popular para o nome "delphinium" é que os gregos antigos (em 700-480 aC) pensavam que os botões fechados com suas esporas reveladoras se assemelhavam ao nariz de um golfinho.

No grego antigo, "golfinho" significa "delphínion". É fácil ver como "delphinium" surgiu da palavra.

As flores são cultivadas e cultivadas em jardins pelo menos desde o século XVI.

Confesso que quando plantei meus três delfinários pela primeira vez, chamei-os de larkspur. Sempre adorei a alegria dessa palavra e queria que esse fosse o nome delas.

Para desemaranhar a nomenclatura dessas flores elegantes, vamos começar com a família Ranunculaceae, dos quais botões de ouro, clematis, monarquia, e columbina também são membros.

Os cinco maiores gêneros da família Ranunculaceae são: Ranúnculo, Delphinium, Thalictrum, Clematis, e Aconitum. Mas também tem Consolida, Helleboruse mais de 30 outros.

É comum pensar que larkspur anual já foi incluído no Delphinium gênero.

Mas a classificação de larkspur no gênero Consolida foi reconhecido já em 1965, de acordo com um artigo de 1967 de Philip Munz no Journal of the Arnold Arboretum, publicado pela Harvard University.

Ainda assim, muitos jardineiros referem-se tanto aos verdadeiros delfínios quanto aos verdadeiros larkspur pelo nome de "larkspur".

Debaixo de Relatório de classificação do USDA lista para o gênero Delphinium, você o verá listado como o gênero de todas as plantas com o nome comum "larkspur" - e Consolida é salvo para plantas com o nome comum de "espora do cavaleiro".

É tudo bastante desconcertante. E para piorar as coisas, as plantas parecem gêmeas, ou pelo menos irmãs parecidas.

Ambas as plantas apresentam folhas pesadamente lobadas que se agrupam na parte inferior de colunas eretas pontiagudas com dezenas de flores.

Mas se você estudá-los de perto, eles têm duas diferenças perceptíveis:

  1. Delphiniums verdadeiros são perenes de vida curta, enquanto larkspur são anuais.
  2. Delphiniums tendem a ter flores maiores, mais densamente agrupadas, enquanto larkspur são mais delicados e mais espaçados.

As espécies de delfínio perenes comuns incluem D. elatum, D. grandiflorum, e D. chelianthum.

Vamos dar uma olhada rápida nos agrupamentos botânicos comuns que surgiram dessas espécies em um momento.

Uma coisa que ambas as flores têm em comum é que todas as partes delas são tóxicas para humanos e animais se ingeridas.

Isso é verdade para muitas flores da família do botão de ouro, mas contanto que você evite que seus filhos pequenos e animais de estimação as comam, você poderá desfrutar de sua beleza sem medo.

Além disso, dizem que têm gosto amargo e acre. Não é exatamente um material para lanches leves.


Os delfínios precisam de climas frios e úmidos para sobreviver. Eles não crescerão bem em climas com verões quentes e secos, de acordo com o Old Farmer's Almanac. Os jardineiros que vivem em áreas como o Noroeste do Pacífico, que possui fontes e verões úmidos e frios, serão mais capazes de cultivar essas plantas. Os jardineiros da zona 8 do USDA também têm algum sucesso com as plantas, desde que sejam plantadas onde recebam sombra à tarde. Os jardineiros que vivem em zonas de cultivo mais quentes, como as acima da zona 7, devem plantar seus delfínios onde estarão protegidos da luz solar direta e quente e onde o solo seja sombreado. Embora as flores não cresçam em zonas de cultivo superiores à zona 8 do USDA - como em partes da Califórnia e na maior parte do sul dos Estados Unidos - elas ainda podem ser cultivadas, mas terão vida curta.

O solo é tão importante de se considerar quanto o clima. Delphiniums preferem solo rico e alcalino. Para dar um impulso, espalhe uma mistura de partes iguais de cal e cinza de madeira em volta das flores na primavera. Solo consistentemente úmido e fresco é o melhor - cerca de 2,5 cm por semana é necessário - embora muita água possa causar o desenvolvimento de podridões. As podridões do caule e da copa são comuns, assim como as doenças fúngicas das folhas, portanto, regue ao nível do solo, se possível, para evitar que a água atinja as folhas. Se você mora nas zonas 3 a 7 do USDA, plante seus delfínios em plena luz do sol, o que ajudará a prevenir problemas de fungos.


Como Crescer Delphiniums Borboleta Azul

Artigos relacionados

Blue Butterfly delphinium (Delphinium grandiflorum "Blue Butterfly") ilumina a paisagem com flores azuis distintas desde o final da primavera até o início do verão. Enquanto alguns tipos de delfínio atingem alturas impressionantes de até 6 pés, o delfínio Blue Butterfly é mais diminuto, chegando a 30 a 18 polegadas. O delfínio da borboleta azul é apropriado para o cultivo nas zonas climáticas A1 a A3, 1 a 10 e 14 a 24 do pôr do sol.

Água delfínios para manter o solo úmido, mas nunca encharcado. Como regra geral, o delfínio se beneficia com 1 polegada de água todas as semanas durante o verão, seja da chuva ou da irrigação suplementar. Nunca deixe o solo ficar completamente seco.

Regue o delfínio na base da planta e mantenha a folhagem o mais seca possível. Delphinium é suscetível a mofo, podridão e outros problemas causados ​​por condições de umidade.

Aplique 3 a 4 polegadas de uma cobertura morta orgânica, como composto ou casca ralada. Cubra os delfínios durante o tempo quente para manter as raízes úmidas e frescas.

Fertilize delfínios a cada duas a três semanas, usando um fertilizante líquido de uso geral. Consulte as instruções no recipiente para obter informações específicas sobre a taxa de aplicação.

Deadhead, ou remova cada flor assim que murchar, para prolongar a floração e manter a planta limpa. Para delphinium deadhead, use suas unhas ou podadores de jardim para remover a flor gasta e caule até o ponto onde você vê um novo botão, flor ou folha.

Corte os caules de delfínio no chão no final do verão ou início do outono. Espalhe uma nova camada de cobertura morta ao redor da planta para isolar as raízes para o inverno que se aproxima.


Delphinium Companion Plants

Dependendo da variedade, as plantas delphinium podem crescer de 2 a 6 pés (0,6 a 1,8 m) de altura e 1 a 2 pés (30 a 61 cm) de largura. Muitas vezes, os delfínios altos precisam de uma estaca ou algum tipo de suporte, pois podem ser derrubados por fortes chuvas ou vento. Às vezes, eles podem ficar tão carregados de flores que até mesmo a mais leve brisa ou pouco polinizador pousando sobre eles pode fazer com que tombem. Usar outras plantas altas de borda como companheiros de planta delphinium pode ajudar a protegê-los de ventos e chuvas, ao mesmo tempo que oferece suporte adicional. Isso pode incluir:

Se estiver usando estacas ou anéis de planta para suporte, o plantio de plantas perenes de altura média como plantas companheiras de delfínio pode ajudar a esconder as estacas e suportes feios. Qualquer um dos itens a seguir funcionará bem para isso:


Delphinium

  • Compartilhar:
  • Facebook
  • Pinterest
  • E-mail

Recursos da planta Delphinium

As flores altas e imponentes de delfínio têm desempenhado um papel importante nas fronteiras perenes por gerações. Com hastes de flores imponentes em tons de azul, branco, lavanda ou rosa, os delfínios são uma delícia na parte de trás da borda de um jardim. As variedades de delfínios altos podem chegar a 1,8 m de altura, mas também existem variedades mais compactas que chegam a apenas 2 metros de altura. Os delfínios também são amados por abelhas e borboletas, que se deliciam com as flores ricas em néctar. Delphiniums também fazem flores de corte maravilhosas. Hardy das zonas 3-8.

Perguntas sobre Delphinium?
Envie-nos um e-mail e um de nossos especialistas permanentes entrará em contato com você.

Instruções de cultivo de Delphinium

Delphinium cresce melhor em um local ensolarado com solo rico e ligeiramente úmido. Algumas variedades crescem melhor em regiões mais frias e amenas do país, mas existem delfínios que prosperam em qualquer situação de sol, desde que não sejam submetidos a temperaturas superaquecidas no meio do verão. Se você estiver em uma área com verões especialmente quentes e úmidos, os delfínios se dão melhor em uma situação com sol da manhã e sombra à tarde - bem como uma camada de cobertura morta de 5 a 7 centímetros de profundidade sobre o solo.

Variedades de delfínio mais altas também requerem estaqueamento para evitar que tombem em climas ventosos. Alimente com um fertilizante granulado de liberação lenta no início da primavera e nunca deixe as plantas secarem completamente. Emendar o solo abundantemente com composto na época do plantio pode ser particularmente útil para os delfínios, especialmente se você tiver solo pobre. Em áreas com argila pesada, aplicar uma camada de composto a cada ano no solo também pode ser extremamente benéfico.


Assista o vídeo: BARBA FALHADA: COMO RESOLVER. TÉCNICAS PARA FAZER A SUA BARBA CRESCER