5 maneiras de prolongar a frutificação de pimentões até os dias mais frios

5 maneiras de prolongar a frutificação de pimentões até os dias mais frios

Para colher pimentões antes do frio, é preciso seguir as regras básicas de cuidado com esse vegetal. É importante monitorar a temperatura, a iluminação dos canteiros e outros fatores que afetam a formação dos frutos.

Monitorar temperatura

As pimentas são plantas termofílicas, para a normal formação e amadurecimento dos frutos, é necessário que a temperatura ambiente seja mantida entre + 20-30 ° C. Mas no final de agosto e início de setembro, começa gradualmente a esfriar, o que tem um efeito negativo na frutificação. Assim que a temperatura cair para +15 ° C, o desenvolvimento diminuirá, e se a temperatura cair abaixo de +13 ° C, o vegetal irá parar de crescer completamente.

Cubra as plantações com spunbond ou outro material adequado, cobertura morta servirá - palha, serragem, húmus, turfa. Isso ajudará a aumentar a temperatura perto das raízes da pimenta e levará mais tempo para dar frutos.

Dê muito sol à pimenta

Um vegetal requer não só calor, mas também muita luz, cuja falta leva à fraqueza e fragilidade dos ramos, murcha dos ovários. Se os frutos já estiverem formados, por falta de luz, ficarão pequenos e insípidos. No final de agosto e início de setembro, as horas do dia diminuem e a intensidade da iluminação diminui gradualmente.

Para que as pimentas recebam luz solar suficiente, o local para plantá-las deve ser escolhido com antecedência. Áreas planas e abertas que são bem iluminadas durante o verão são adequadas. Se a pimenta já estiver crescendo no lugar errado, tente remover as plantas ao redor para mantê-las fora da sombra.

Alimente com cálcio

No final da temporada de chalés de verão, o solo gradualmente começa a se esgotar, por causa disso, novos ovários estão se formando cada vez menos. Para prolongar a frutificação, você precisa usar um complexo equilibrado de fertilizantes. Nesse período, a planta necessita de elementos como fósforo e potássio, além de zinco, boro e magnésio. Mas é ainda mais importante lembrar sobre o cálcio.

Se você não alimentar as plantações de pimentão com cálcio, seus frutos começarão a atacar a podridão de cima. Para proteger a planta, dilua 50 ml de nitrato de cálcio em 10 litros de água e trate o plantio. A solução finalizada é suficiente para 1 sq. m.

Alimentar com magnésio

No final do verão, além do cálcio, o pimentão precisa de magnésio, pois é capaz de prolongar a frutificação. Dissolva 15 g de sulfato de magnésio em 10 litros de água morna e faça a alimentação foliar das plantas. m. desembarques.

Magnésio potássio ou nitrato de magnésio podem ser usados ​​em vez de sulfato de magnésio. Ambos os tipos de fertilizantes são preparados de acordo com as instruções da embalagem. Observe que o solo com alto teor de sal não precisa de fertilização adicional com magnésio.

Remover desnecessário

Para que a planta redirecione todos os nutrientes para o amadurecimento dos frutos já formados, remova novos ovários, botões de flores entre os brotos laterais, enteados e ainda folhas inferiores. No final da safra, essas partes da planta apenas perdem força, retardando o amadurecimento da safra.

  • Impressão

Avalie o artigo:

(0 votos, média: 0 de 5)

Compartilhe com os seus amigos!


Como cultivar pimentões

Não se esqueça de tratar pimentas de pragas. O mais comum é o pulgão. Alimenta-se da seiva da planta e, se a planta não for processada a tempo, simplesmente secará.

Lembre-se de que os pimentões não podem ser processados ​​durante a frutificação. Você precisa pulverizar a planta pela manhã.

Você pode se livrar de um ácaro-aranha com esta ferramenta: passe um copo de cebola e um copo de alho em um moedor de carne, coloque uma colher de sopa de sabonete líquido ali e dilua tudo em 10 litros de água. É possível pulverizar com tal solução em qualquer estágio de desenvolvimento.

Lave sempre as mãos após fazer as soluções. Em caso de contato com os olhos, as membranas mucosas podem queimar.

  • Como cuidar de mudas de pimentão
  • Como colher pimentão
  • Como os pimentões crescem
  • Como cultivar mudas de pimenta
  • Como cuidar de pimentões
  • Como cultivar boas mudas de pimenta
  • Como cultivar pimentões
  • Como colher boas pimentas
  • Cultivo de pimentões
  • Como cultivar uma boa safra de pimentas
  • Como cultivar pimentas boas
  • Como cultivar pimentas a partir de sementes
  • Como cultivar pimentas para sementes
  • Como cultivar mudas de pimentão
  • Como cultivar mudas de pimenta
  • Como cultivar mudas de pimenta em casa
  • Como plantar pimentas para mudas
  • Quando plantar pimentões para mudas
  • Como cultivar pimentas em uma estufa
  • Qual pimenta é melhor plantar
  • Como cultivar mudas de pimenta boas e fortes
  • Como cultivar pimentas em casa

Para que as pimentas de interior agradem com sua decoratividade e frutificação por muito tempo, é preciso plantá-las e cuidar adequadamente. Vale a pena começar com a seleção correta dos recipientes de cultivo e do solo.

A panela deve ser escolhida com um volume de 3 a 7 litros. Pode ser de plástico, mas é preferível dar preferência ao recipiente de cerâmica.

A pimenta de interior prefere solo solto, nutritivo, com um nível neutro de acidez. O solo deve passar água e ar bem. Se você está plantando suas plantas em solo comprado, você deve comprar a mistura de solo recomendada para o plantio de Saintpaulias. Ao preparar solo para pimenta por conta própria, você precisa misturar turfa, solo de jardim e areia. Recomenda-se adicionar perlita ou vermiculita ao solo, o que evita a compactação do solo e retém a umidade. Um pré-requisito é uma camada alta de drenagem de argila expandida, seixos ou cascalho fino.

No futuro, os seguintes fatores afetarão o momento da frutificação:

  • iluminação
  • temperatura do quarto
  • circulação de ar
  • nível de umidade
  • nível de umidade do solo
  • alimentação regular
  • transplantes periódicos
  • oportunidade da colheita.

É importante inspecionar a planta com mais frequência, para monitorar seu aspecto, para que em caso de problemas, por exemplo, o desenvolvimento de uma doença ou ataque de pragas, o tratamento e a reabilitação possam começar o mais cedo possível.

Iluminação

Pimentas precisam de muita luz. A iluminação insuficiente leva à queda prematura dos frutos, crescimento deficiente e deterioração da aparência. A planta é melhor cultivada em peitoris de janelas leves voltados para o sul, sudoeste e sudeste. O sombreamento é necessário da luz solar direta.

Crescer é possível no lado norte, no entanto, com iluminação adicional com fitolampos ou lâmpadas fluorescentes.

Regime de temperatura

A frutificação mais longa ocorrerá nas plantas que crescem em condições frias. E em um ambiente estável e fresco - sem mudanças bruscas de temperatura.

A temperatura ótima para o bem-estar confortável da pimenta ornamental é de + 15 ° C a + 20 ° C. Se a planta permanecer em condições de calor por muito tempo, especialmente durante a frutificação, os frutos não permanecerão nela por muito tempo.

No entanto, as flutuações de temperatura afetam especialmente a duração do período frutífero. O funcionamento do ar condicionado e dos dispositivos de aquecimento tem um efeito negativo. A diferença entre as temperaturas diurnas e noturnas não deve ser superior a 4 ° C.

É muito importante que o ar circule bem no ambiente onde os pimentos são cultivados. É necessário ventilar com mais frequência. Ao abrir a janela, é importante garantir que o arbusto não fique na área de exposição às correntes de ar, uma vez que o fluxo de ar frio é um dos motivos para a redução do tempo de frutificação. O vaso com a planta deve ser colocado longe da parede e de outras plantas ornamentais. No verão, é aconselhável retirá-lo ao ar livre, por exemplo, em uma loggia, varanda, terraço, terraço.

Manter a umidade do ar e do solo

Seu crescimento, desenvolvimento, decoratividade e longevidade dependem de quão confortável será a umidade do ar e do solo para a pimenta ornamental. Portanto, é importante monitorar esses indicadores. O alagamento, assim como a falta de umidade, é prejudicial à planta. O solo na panela deve ser constantemente umedecido levemente, mas a estagnação da água não deve ser permitida. Cada rega subsequente deve ser realizada imediatamente após a secagem da camada superior da terra. A água para irrigação pode ser retirada da torneira, mas antes do uso deve ser defendida por pelo menos um dia e aquecida à temperatura ambiente.

Quanto à umidade do ar, ela deve ser mantida entre 50–75%. Você pode aumentar o nível de umidade borrifando com um borrifador, colocando um pote de pimenta em uma bandeja com seixos umedecidos e operando um umidificador de ar doméstico. Ao pulverizar, deve-se ter cuidado para que as gotas não caiam nas folhas e flores.

Fertilização

O solo empobrecido leva a uma deterioração no crescimento das pimentas ornamentais, por isso deve ser alimentado periodicamente. A alimentação correta estimula a frutificação mais abundante e de longo prazo. Se a pimenta for cultivada para consumo humano, é melhor alimentá-la com fertilizantes orgânicos. Plantas exclusivamente ornamentais podem ser fertilizadas com complexos minerais desenvolvidos para plantações de hortaliças frutíferas. A frequência recomendada de fertilização é uma vez a cada 3-4 semanas no solo pré-umedecido.

É necessário aplicar fertilizantes prontos, obedecendo estritamente às instruções do fabricante. É melhor alimentar com formulações mais fracas do que exagerar na quantidade de nutrientes, pois o excesso deles é perigoso para o pimentão.

Transplantes

Com o tempo, o solo do vaso ficará o mais esgotado possível e o sistema radicular ocupará quase todo o espaço do vaso, portanto, a pimenta deve ser replantada periodicamente. O transplante de plantas perenes jovens é realizado após a frutificação uma vez por ano. Os arbustos maduros podem ser replantados com menos frequência. O transplante deve ser feito pelo método de transbordo, sem destruir o coma terroso, para não prejudicar o sistema radicular.

Colheita

A colheita oportuna também permite prolongar a frutificação. Pimentas ornamentais devem ser arrancadas até que comecem a murchar. Os frutos devem ser colhidos gradualmente à medida que amadurecem. Isso permitirá que a planta redirecione as forças para a formação de novos ovários. Recomenda-se não deixar mais do que 4-5 frutos na planta.

Assim, pode-se prolongar a frutificação da pimenta ornamental se cuidar bem dela, manter condições favoráveis ​​estáveis ​​e não sobrecarregar o mato com frutas. Nesse caso, os frutos permanecerão no mato de setembro a janeiro e, possivelmente, até a primavera.


Por quanto tempo as pimentas de interior podem dar frutos?

Depois que os frutos das pimentas ornamentais secam e caem, os arbustos geralmente são jogados fora. Mas você pode esticar sua vida no interior o máximo possível - com atenção e cuidado constantes. Antes da floração e frutificação, as pimentas são previsíveis, vegetando por 90-120 dias antes do início do "show". Mas depois que os frutos amadurecem, o quanto as pimentas vão "esticar" fica inteiramente na consciência de seus donos.

Se você não encontrar as condições certas e cuidar descuidadamente dos arbustos, os pimentões podem secar em algumas semanas. E com muito cuidado, seus frutos persistem por muitos meses - quase até a primavera. A tradicional temporada "apimentada" vai de setembro a janeiro.

9 fatores principais afetam a duração da frutificação das pimentas de interior:

  • iluminação
  • regime de temperatura
  • estabilidade das condições
  • ventilação das instalações
  • umidade do substrato
  • umidade do ar
  • alimentando
  • oportunidade de colheita
  • a pureza da planta.

Vamos tentar descobrir como criar condições ideais para a frutificação de pimentas ornamentais e que tipo de cuidado ideal você deve buscar.

As pimentas podem secar em semanas sem os devidos cuidados.


Molde o arbusto de pimenta

A correta formação do arbusto ajudará a aumentar a produtividade e prolongar a frutificação da pimenta. É aconselhável remover nas plantas a cada 3-5 dias:

  • ovários extras
  • enteados (brotos desnecessários nas axilas das folhas) crescendo dentro do arbusto
  • botões de flores entre os brotos laterais
  • rebentos estéreis
  • folhas doentes, velhas e danificadas
  • brotos laterais, flores e ovários abaixo da ramificação do caule principal.

É melhor fazer a retirada pela manhã em dias secos e ensolarados, para que o mato se recupere mais rápido. Após o procedimento, os nutrientes da planta serão redistribuídos e serão direcionados para a formação de ovário e frutos fortes. Também é uma boa prevenção de pragas e doenças.

Na segunda quinzena de agosto, pare de arrancar as folhas sob as escovas de frutificação e prenda as pontas dos brotos para direcionar as forças da planta para amadurecer os frutos.

Se o arbusto floresceu bem, mas não tem muitos ovários, pode ser muito grosso e não ter luz suficiente, por isso vale a pena diminuí-lo um pouco. Mas lembre-se, não mais do que 1-2 folhas podem ser removidas em um procedimento, caso contrário, o equilíbrio da água na planta será perturbado e os frutos em formação quebrarão.

Sob o peso da fruta, os arbustos de pimenta muitas vezes ceder e quebrar, a frutificação ficará mais lenta. Portanto, verifique se as plantas estão bem amarradas aos suportes. Apesar de os caules da pimenta serem lignificados, são bastante frágeis e mesmo uma pequena carga pode levar à quebra do rebento. E, claro, em nenhum caso você deve pisar nas folhas ou caules da pimenta se quiser que dê frutos por mais tempo.


Assista o vídeo: Agricultor planta 3 mil pés de pimentão e 6 mil de tomates e espera lucro de 20 mil