Guaraná (Paullinia cupana)

Guaraná (Paullinia cupana)

GUARANA '
os olhos dos deuses

Principais espécies e características da planta

Paullinia Cupana

da família de Sapindaceae,mais conhecido como guaraná, é uma árvore perene que na natureza pode atingir 10 m de altura (cultivada não excede 3 m) e é nativa das florestas tropicais amazônicas, cultivada principalmente entre Manaues e Manau no Brasil.

As flores geralmente unissexuais (existem flores masculinas e femininas distintas na mesma planta) reunidas em inflorescências racemos, são imperceptíveis, amarelo-esbranquiçadas e perfumadas. O fruto é uma avelã que se abre quando madura liberando uma semente preta que se parece com unocchio (daí o lendas que surgiram em torno desta planta - Ver parágrafo Curiosidade -) As folhas da planta são palmas grandes, coriáceas, com bordas serrilhadas.

Peças usadas da planta

São utilizadas as sementes descascadas, secas, torradas e finalmente pulverizadas.

No passado, cada tribo tinha sua própria metodologia de preparação. A forma mais comum era retirar as sementes recolhendo as sementes abertas e, em seguida, limpando e torrando-as no mesmo dia em que foram colhidas. Posteriormente, foram reduzidos a pó e transformados em pequenos bolos que ficavam ao sol quando eram defumados com madeiras resinosas e depois usados.

Propriedade

Os benefícios do guaraná são muitos e todos testados: combate o envelhecimento precoce; o estresse; tem ação regularizadora no intestino; é eficaz contra nevralgia e enxaquecas; atua como um regulador do apetite e tonifica os músculos. Também é utilizado em produtos de cuidado corporal como adstringente, para reduzir a celulite, para tratar cabelos oleosos e queda de cabelo. Também combate a aterosclerose, o que justifica seu nome elixir de longa vida que nos séculos passados ​​correu entre os índios brasileiros.

As sementes de guaraná contêm cafeína, mas ao contrário do que acontece por exemplo com o café, não produz fenômenos de excitação ou insônia, pois está presente na forma sólida e, em conjunto com as demais substâncias presentes, a farmacocinética da cafeína é balanceada otimizando seu efeito Portanto, é liberado e absorvido pelo corpo muito lentamente.

estimula nas áreas corticais favorecendo o estado de vigília e torna-o mais atento ao contrastar o cansaço físico.

O guaraná também atua como vasodilatador e espasmolítico ao nível brônquico, desempenhando também atividades glicogenolíticas e lipolíticas, ou seja, libera gorduras e açúcares dos depósitos e isso favorece a perda de peso principalmente em praticantes de esportes.

Outro efeito é promover a perda de peso por meio do aumento da termogênese, o que promove o consumo de gorduras de reserva. A Food Drug Administration considera-o uma substância segura e sem riscos.

Curiosidade e história

O guaraná é bastante conhecido e usado universalmente e também é o ingrediente básico da bebida nacional do Brasil. refrigerante de guaraná.

Os antigos habitantes da Amazônia contam sobre sua origem, que os nativos acreditam ser guaraná nascido dos olhos dos deuses. Isso está relacionado a uma lenda sobre uma garota muito bonita chamada Cereaporanga. Certo dia, essa garota conhece um guerreiro de uma tribo inimiga e se apaixona por ele.Os dois jovens, sabendo que o ódio entre as duas tribos os teria dividido, decidem fugir juntos.

Enquanto escapam, eles encontram uma sucuri ferida e, apesar do perigo que ela representa, ela decide ajudá-lo. Por causa disso, os guerreiros de sua tribo os localizam e alcançam. Como a garota estava ciente de que se os pegassem seu parceiro morreria, ela pediu à sucuri que os segurasse bem juntos em um último abraço. O povo da tribo vendo tanta dor e amor invocou a deusa da beleza e da vida para salvá-lo espírito da menina. A deusa, movida pelos grandes olhos negros da menina, deu à luz uma planta, o guaraná, cujos frutos pareciam, quando abertos, magníficos olhos negros, como os da menina.


Vídeo: Diego Torres con Julieta Venegas - Sueños HD