Fiore - Como é feito e para que é usado

Fiore - Como é feito e para que é usado

PLANTAS: COMO VIVEM E SÃO FEITAS

FLOR

A flor é o órgão reprodutor de muitas plantas e botanicamente é definido como um botão com crescimento definido contendo os órgãos reprodutivos. A função da flor é, portanto, perpetuar a espécie. Das folhas transformadas que compõem a flor, as apicais ou internas são esporofilos e os mais inferiores ou externos são os antofilli. Estes últimos, coloridos e perfumados, além da função de proteger os órgãos reprodutivos, também têm a função de atrair aqueles insetos que podem facilitar a reprodução da planta.

Normalmente a flor é a parte mais marcante da planta e que por isso chama a atenção e é a razão pela qual tantas espécies são cultivadas. No entanto, nem todas as plantas têm flores: alguns procariotiautotróficos (cianobactérias ou algas verde-azuladas), musgos, algas verdes, samambaias não possuem órgãos reprodutivos tão evidentes e por esta razão são chamados criptogramas (do grego criptos "Oculto" e gamos "Casamento" que é "casamento oculto") e reproduzir através de outros órgãos.

A flor em vez disso, é o órgão característico dos fanerógamas (do grego faneros"Manifesto, evidente" e gamos “Casamento” que é “casamento evidente”) é usar plantas que possuem órgãos reprodutivos visíveis e entre eles temos as angiospermas e legimnospermas. Na realidade, porém, nas gimnospermas a flor é erudimentar muito simples, diferente da flor comumente conhecida, que é típica das angiospermas. Na verdade, ele se reduz ao essencial: sacos polínicos para a parte masculina transportados por ramos com diferentes posições em diferentes grupos e óvulos para a parte feminina, transportados por machados alargados ou escamas férteis. Tudo leva a crer que as gimnospermas são sempre unissexuais, ou seja, as flores masculinas e femininas estão sempre separadas na mesma planta ou em plantas diferentes. Na verdade, o termo gimnospermas deriva do grego sêmen "Semente" e gimnos "Nuas" é porque as sementes não estão encerradas em um carpelo como nas angiospermas (angio significa “vaso” e refere-se ao carpelo que funciona como vaso para receber as sementes) ainda que na maturidade estas possam por vezes ser fechadas entre as escamas de um cone ou brácteas, como acontece com as bagas de zimbro.

A flor é um órgão formado por várias folhas (chamados de antofilos genéricos) que sofreram inúmeras modificações para cumprir a função reprodutiva. Eles também são muito importantes de um ponto de vista sistemático, isto é, da classificação das plantas, porque apresentam sempre caracteres constantes e são, portanto, um elemento fundamental para a sua atribuição a um ou outro grupo botânico.


Uma flor completa das angiospermas é composta por:
  • PEDÚNCULO
  • TALAMO ou RECEPTÁCULO
  • PERIANTO
  • CÁLICE
  • COROLA
  • ANDROECIUM ou ESTAME
  • GINECEO ou PISTILO

Vídeo: Vivir de la Tierra: Como ganar Dinero y Alimentos con la Permacultura, el Estiércol y tus Arboles