Guernia

Guernia

Tipo como guernia (Huernia) pertence à família Asclepiadaceae. De acordo com várias fontes, ele reúne 40-60 espécies de plantas, que são representadas por suculentas. Na natureza, eles são encontrados nas regiões áridas rochosas do Leste e da África do Sul, bem como na Península Arábica.

Uma característica de todas as espécies não é muito alta, ramificada na base do caule, que forma arbustos bastante grandes. Portanto, seu diâmetro pode exceder a altura da própria planta em 2 ou 3 vezes. Os brotos grossos e suculentos têm de 4 a 10 bordas, e neles estão localizados dentes carnudos e afiados de forma cônica. Esses dentes têm uma base ampla e podem ter até 1 centímetro de comprimento. A superfície dos brotos nus é brilhante, lisa e, em diferentes espécies, pode ser pintada em diferentes tons de marrom a verde profundo.

A planta floresce durante o verão e início do outono, e a duração da floração varia de 2 a 3 meses. As flores são coletadas em inflorescências de flores baixas ou isoladas, localizadas na parte inferior do caule nas axilas dos dentes (crescimento anual ou de dois anos) mais perto de sua base. O comprimento dos pedicelos curtos, via de regra, atinge 5–20 milímetros. As sépalas grandes acretadas têm uma cor rica. Eles formam um tubo largo com uma grande curva com cinco lóbulos, enquanto algumas espécies têm projeções pontiagudas adicionais nos locais onde os lóbulos divergem. As pétalas não são pronunciadas e ficam no fundo do tubo, onde também existem órgãos reprodutivos. Em diferentes espécies, a corola tem uma cor e forma diferentes. Assim, por exemplo, em algumas espécies pode se assemelhar a uma xícara funda ou sino, enquanto em outras pode se assemelhar a uma água-viva peluda ou estrela do mar. Na maioria das espécies, o cheiro desagradável de carniça emana das flores.

Guernia cuidar em casa

Tal planta não exige muito cuidado e até mesmo os cultivadores inexperientes podem cultivá-la facilmente.

Iluminação

Esta planta requer luz e, portanto, precisa de um local com boa iluminação. É bom que os raios de sol diretos incidam sobre o mato ao entardecer e pela manhã. Para a colocação, é melhor preferir as janelas de orientação oeste e leste. Quando colocado em uma janela sul, você precisará se proteger da luz do sol do meio-dia no verão. Se você colocar o guernia em uma janela voltada para o norte, devido à iluminação insuficiente, o arbusto ficará alongado e a floração poderá não ocorrer.

Com o início dos períodos de outono e inverno, a flor precisa de iluminação adicional com fitolampos especiais.

Vale lembrar que Guernia tem o hábito de ter um ângulo de iluminação fixo. Isso significa que, se uma planta com flores for girada em torno de seu eixo ou movida para um local com uma intensidade de iluminação diferente (mais clara ou mais escura), ela rapidamente perde tanto os botões quanto as flores já florescendo.

Regime de temperatura

No verão, essa flor cresce normalmente e se desenvolve a uma temperatura de 22 a 27 graus. De meados da primavera aos últimos dias de setembro, recomenda-se mudá-lo para a rua (para a varanda, para o jardim), optando por um local protegido das precipitações à sombra parcial.

No inverno, essa planta precisa de frescor. É melhor manter a temperatura entre 5 e 10 graus.

Como regar

Na primavera e no verão, a água deve ser moderada. Guernia não necessita de períodos de seca muito longos. Para isso, é necessário secar sistematicamente o substrato em cerca de ½ parte. Em nenhum caso deve ser permitida a estagnação da água no solo e seu alagamento. O fato é que isso pode causar o desenvolvimento de apodrecimento no sistema radicular e no caule, enquanto a própria flor, neste caso, morre após cerca de dois dias.

No inverno, você precisa regar muito pouco.

Freqüentemente, após o fim do período de dormência para uma determinada suculenta, os cultivadores de flores podem enfrentar o problema de não absorver a umidade do solo seco. Neste caso, floristas experientes recomendam recorrer a um pequeno truque. Despeje a água em um recipiente fundo e largo o suficiente e mergulhe a panela nele. Após 20-30 minutos (quando as bolhas de ar param de sair), ele deve ser removido da água. Drene todo o excesso de líquido completamente. Em seguida, a flor é colocada no lugar e regada no modo usual de verão.

Umidade

Esta suculenta tolera facilmente a humidade do ar não muito elevada, pelo que não é necessário humedecê-la adicionalmente.

Mistura de terra

Um substrato adequado deve ser permeável à água e ao ar, solto, ligeiramente alcalino e ter uma acidez de pH 7,5–8,5. Para o plantio, pode-se usar uma mistura comercial de solo para suculentas, mas é recomendável adicionar uma pequena quantidade de cascalho fino (diâmetro de 3 a 4 milímetros). Esta mistura pode ser feita manualmente. Para fazer isso, é necessário combinar folha e solo encharcado de argila, cascalho pequeno e areia de rio de grão grosso.

Para o plantio, recomenda-se usar um vaso baixo, mas largo, já que as raízes da planta são subdesenvolvidas, mas ela tem um crescimento relativamente forte. Não se esqueça de fazer uma boa camada de drenagem usando seixos ou argila expandida para isso.

Top curativo

A planta é alimentada desde o início do crescimento intensivo até o final do período de verão, uma vez a cada 4 semanas. Para fazer isso, use fertilizantes especializados para suculentas e cactos. Durante o período de dormência, não é necessário alimentar a planta.

Métodos de reprodução

Pode ser propagado simplesmente por estacas de caule. Para isso, devem ser cuidadosamente separados da planta-mãe e deixados ao ar livre por 2 dias para secar. Em seguida, é plantado na mistura de solo preparada. Via de regra, o caule floresce no mesmo ano.

Em março, você pode semear em uma mistura de turfa e areia. Antes da germinação, o recipiente com as sementes deve ser colocado em uma mini-estufa leve.

Recursos de transplante

Recomenda-se o transplante anual na primavera. Neste caso, levam um recipiente com diâmetro um pouco maior que o anterior. Os produtores experientes recomendam remover o rebento velho e crescido e renovar o guernia das estacas.

Pragas e doenças

Freqüentemente, uma cochonilha se instala nessa flor, preferindo um substrato solto. Recomenda-se combater essa praga com inseticidas especiais (por exemplo, Aktara ou Intavir).

A doença mais comum é a podridão do caule e da raiz. Quando aparece, o guernia, via de regra, morre. A este respeito, a planta deve ser regada com muito cuidado e não se esqueça de marcar os períodos de seca.

Tipos principais

Em casa, os floricultores cultivam um número bastante grande de tipos diferentes de guernia. Ao mesmo tempo, graças aos criadores, nasceu um grande número de híbridos e variedades.

Guernia keniensis (Huernia keniensis)

Esta planta é semi-ampla. Possui hastes rasteiras relativamente longas (até 30 centímetros) com cinco costelas. Nas costelas existem dentes afiados dobrados para baixo. As inflorescências são constituídas por 2 a 5 flores aveludadas, pintadas de cor vermelho púrpura. As sépalas quase totalmente fundidas são um funil largo, com três centímetros de diâmetro. Possui dentes longos (pontas de sépalas) em forma de triângulo, embora sejam dobrados para trás. Por dentro e por fora, as sépalas são cobertas por um grande número de protuberâncias, papilas.

Esta espécie apresenta diversas variedades, que diferem, via de regra, na forma e no tamanho da corola. A flor da variedade Grandiflora tem um diâmetro de 5 centímetros, enquanto a variedade Globosa tem um tubo esférico da corola.

Guernia listrado (Huernia zebrina)

Esta espécie é muito compacta. Portanto, a altura da haste é de apenas 10 centímetros e a largura de 2 centímetros. Os rebentos eretos têm costelas claramente distinguíveis, das quais existem 4 peças. Por estar em um local sombreado, o caule é pintado em uma cor verde pálido, e se transferido ao sol - em verde bordô. As flores isoladas são bastante grandes (até 7 centímetros de diâmetro). A forma da corola é bastante incomum. Assim, a boca lustrosa do tubo, pintada na cor marrom, transforma-se em um anel regular altamente convexo (quase toro) da mesma tonalidade. Sob este anel, surge um asterisco de cinco pontas de raio largo, consistindo de sépalas acretas de cor amarela, na superfície das quais há muitas listras bordô dispostas transversalmente.

Guernia de frutos grandes (Huernia macrocarpa)

Esta espécie é de tamanho médio. Seus caules eretos, pintados de uma cor esverdeada-azulada, tornam-se roxos à luz do sol e atingem 20 centímetros de altura. Os rebentos têm 7 costelas com dentes ligeiramente curvos. Existem ambas flores únicas e coletadas em inflorescências com poucas flores de 2–5 peças. Uma pequena corola com um diâmetro de dois centímetros tem uma forma larga em forma de sino. A forma da curva é um pentágono regular, enquanto no local onde as sépalas crescem juntas existem minúsculos dentículos. Possui uma cor marrom irregular irregular, embora tenha uma mancha pronunciada.

Existem diferentes variedades, diferindo na cor da própria flor, bem como na forma dos dentes.

Guernia áspero ou espinhoso (Huernia aspera)

Esta espécie também é de tamanho médio, mas possui caules finos (15 milímetros de largura). Os brotos verde-claros têm 5 costelas. Os dentes que se afilam rapidamente são em forma de agulha quase na base. As flores são únicas ou fazem parte de inflorescências com poucas flores (2–5 peças cada). O tubo da corola tem o formato de um sino e a curva é uma estrela regular de cinco pontas. Por dentro, é pintado em uma cor avermelhada de bordô, e na superfície há muitos crescimentos - papilas de um tom de cor semelhante.

A diferença entre as variedades na cor das flores - do roxo escuro ao vermelho profundo.

Guernia primulina

Esta espécie subdimensionada tem a capacidade de crescer fortemente. Em altura, o arbusto pode atingir apenas 8 centímetros, enquanto a espessura de seus brotos é de 1,5 centímetros. Um arbusto adulto pode ter até 30 centímetros de diâmetro. Os caules rastejantes quatro ou pentaédricos são de cor cinza-esverdeada. Os dentes pequenos se estreitam fortemente em direção à ponta. O comprimento dos pedicelos é de 2,5 centímetros. As flores costumam fazer parte de inflorescências com flores baixas (de 3 a 8 cada). O interior do tubo é pintado em vinho e esta superfície é altamente salpicada. O ramo amarelo cremoso consiste em sépalas semifundidas com uma forma triangular ampla. O diâmetro da curva é de 2 a 3 centímetros.

Hanging guernia (Huernia pendula)

Esta é uma visão ampla. Seus caules caídos atingem 150 centímetros de comprimento. Os rebentos cilíndricos têm um diâmetro de 9 centímetros. As costelas são quase indistinguíveis, enquanto os dentes parecem tubérculos não muito grandes. As flores são relativamente pequenas, com apenas 2 centímetros de diâmetro. Estão incluídos na composição das inflorescências de flor baixa (de 2 a 5 peças). O ramo avermelhado cor de vinho é semelhante em formato a uma estrela de feixe largo (quase um pentágono), enquanto seus raios são ligeiramente curvados para trás. A boca do tubo é colorida em um tom mais escuro, quase preto e bordô.

Guernia espinhoso (Huernia hystrix)

Este tipo é do maior interesse. O arbusto é bastante pequeno, então, em altura chega a 5-12 centímetros, mas em largura - 30 centímetros e até mais. Os rebentos pentaédricos verdes claros e inclinados têm dentes grossos voltados para cima. Em comprimento, os pedicelos chegam a 6 centímetros. A corola tem a forma semelhante ao ninho de um pássaro. Assim, as sépalas são fortemente curvadas para trás, enquanto suas pontas estão conectadas no pedúnculo, o que resulta na formação de uma espécie de donut ou toro, que é preso a um tubo largo (cerca de 1,5 centímetros de diâmetro). Além disso, na superfície da corola há uma grande quantidade de papilas-protuberâncias carnudas e grossas, atingindo de 3,5 a 5,5 milímetros de comprimento, razão pela qual a flor parece espinhosa e peluda. A cor das flores, juntamente com as papilas, é listrada, esbranquiçada bordô.

Guernia peluda (Huernia pillansii)

Também uma visão muito interessante. Devido aos caules, esta suculenta se assemelha a um cacto, pintada de uma rica cor verde e com agulhas macias e grossas que ficam vermelhas com a luz do sol. O diâmetro dos brotos é de 1,2–2 centímetros e seu comprimento é de 20 centímetros. Nas hastes, via de regra, existem de 9 a 16 costelas (às vezes mais), razão pela qual os dentículos estão localizados extremamente apertados (quase próximos um do outro). Os dentes da base são cônicos, embora sejam fortemente estreitados quase na própria superfície e deixam uma cauda fina de meio centímetro, fazendo com que o arbusto pareça fofo.

As flores são semelhantes a uma estrela do mar, mas apenas com a boca aberta de cabeça para baixo, enquanto um grande número de protuberâncias parecidas com papilas bastante longas nas sépalas aumenta essa semelhança. As flores podem ser pintadas em cores diferentes, por exemplo, amarelo, vermelho acastanhado, em outras, crescimentos avermelhados exibem na superfície amarela ou vice-versa. O tamanho da corola pode variar de 2,5 a 5 centímetros.

Guernia boleana

Os rebentos verde-escuros desta planta atingem uma altura de cerca de 10 centímetros. As flores amarelo-claro são decoradas com uma densa mancha cor de vinho. Sépalas agregadas em ½ parte e formaram um tubo largo. A curva plana na borda tem um diâmetro de dois centímetros e o formato de uma estrela regular de cinco pontas.


É assim que a alocasia se parece na natureza

Alocasia é um dos mais belos membros da família Aroid. Esta planta perene distingue-se pelas suas folhas largas com uma superfície brilhante, graças à qual a flor é popularmente designada por "orelha de elefante". Eles têm a forma de um coração com cantos pontiagudos e bordas encaracoladas. Um arbusto contém de 4 a 8 folhas.

Quando a quarta folha aparece na alocasia, começa o processo de extinção das placas das folhas velhas. Por causa dessa característica, a planta é chamada de trevo.

Na natureza, a alocasia floresce e, durante este período, aparecem grandes flores rosadas, amarelas ou esverdeadas. Como na natureza essa planta cresce nos trópicos, ela tem uma característica específica, que consiste na capacidade de liberar o excesso de umidade pela superfície das folhas.


Características do

A flor da orquídea cambria torna-a especial pelo fato de não haver necessidade de realizar eventos complicados para que ela mostre sua cor. É cultivada em grandes quantidades na Inglaterra porque é considerada uma excelente decoração para casa. As inflorescências começam a se formar na base, o número máximo delas é quatro. Quanto à paleta de cores, essa orquídea se apresenta no mercado em uma grande variedade. Existem variedades roxas e brancas, escuras e claras, vermelhas e até laranjas.

Não é necessário levar essa variedade para uma sala com temperatura mais baixa ou parar de regar para ativar os botões, basta cuidar dela de qualidade.

Na verdade, o termo "cambria" significa todo um grupo de orquídeas, nomeadamente híbridos com cores surpreendentemente vivas, por vezes até pintadas. Todos eles são fáceis de cuidar, mas você precisa mantê-los longe de correntes de ar e luz solar direta. Esta é uma ótima opção se o cultivador está apenas começando a conhecer o vasto mundo das orquídeas.

Essa variedade vem principalmente das terras altas dos Andes e da América Central. Essas flores atingem uma altura máxima de 50 centímetros. As flores são graciosas e delicadas, deliciando-se com sua beleza por várias semanas ou até meses, dependendo da variedade. Muitos têm um perfume sofisticado, embora não seja forte o suficiente para preencher uma sala.

Às vezes, as inflorescências precisam de suporte adicional devido ao peso das flores. Suportes pequenos são usados ​​pelos criadores na maioria das vezes. Flores já desbotadas são cortadas, pois com o tempo começam a apodrecer, prejudicando a atratividade da orquídea. Estas flores não são consideradas venenosas para animais de estimação ou humanos.

Isso difere de outras espécies no tipo de broto de crescimento e, às vezes, na forma da flor, que é apresentada na forma de um asterisco.


Características de crescer em casa. Brevemente

Eucharis se desenvolve bem em casa se as condições ideais forem criadas para ele:

Regime de temperaturaAté + 28 ° C, no inverno - pelo menos + 13 ° C.
Umidade do arAcima da média é colocado em um palete com argila expandida úmida.
IluminaçãoJanelas brilhantes difusas voltadas para o leste e oeste.
RegaNo verão é abundante, a cada 5 dias no inverno é escasso, uma vez a cada 10 dias.
PrimingPara 2 doses de terra frondosa - uma dose de terra sod, turfa e perlite.
Cobertura e fertilizaçãoFertilizante mineral líquido diluído em água a cada 15 dias durante o período de floração.
Transplante de eucarisLâmpadas adultas, a cada 3,5 anos.
ReproduçãoSementes frescas, dividindo os bulbos.
Recursos crescentesConhecendo-os, criam-se condições para uma boa vegetação para a planta. Na primavera, os bulbos podem ser plantados no jardim: o ar fresco faz bem para a flor. Após a floração, os bulbos devem ser desenterrados e transferidos para a casa. A planta deve definitivamente descansar após uma floração brilhante por 40-45 dias.

Tipos de jacobinos domésticos com fotos e nomes

Jacobinia pauciflora de flor pequena

Uma variedade compacta que forma arbustos extensos com não mais de meio metro de altura. Seus rebentos são densamente cobertos por folhas verdes escuras de tamanho médio. As flores-velas são únicas, tubulares, as pétalas têm uma base vermelho-rosada e bordas amarelas.

Jacobinia amarelo justicia aurea Justicia umbrosa

Arbusto exuberante com ramos retos de até 1 metro de comprimento. Os caules são densamente cobertos por folhas verde-esmeralda fosca, flores amarelo-ouro são coletadas em inflorescências-espigas volumosas.

Jacobinia Brandegee Justicia brandegeeana

Uma espécie de tamanho médio com hastes fortemente ramificadas com cerca de 1 metro de comprimento, cobertas por grandes folhas verdes suculentas com uma superfície fosca. As flores são pequenas, esbranquiçadas, rodeadas por brácteas amarelo-avermelhadas brilhantes, formando inflorescências-cones exuberantes.

Jacobinia rosa ou Fields Justicia carnea

Uma variedade alta com ramos fracamente ramificados de até 1,5 metros de comprimento. Folhas grandes e caídas são coloridas de verde escuro. Flores tubulares rosadas e suculentas são coletadas em inflorescências em forma de espinhos.

Jacobinia vascular ou Adatoda Justicia adhatoda

Uma variedade bastante grande com brotos ramificados flexíveis de até 1 metro de altura. As folhas são verde esmeralda, brilhantes. As flores têm dois lábios com pétalas branco-leitosas, cuja superfície é decorada com uma malha "vascular" rosa brilhante.

Jacobinia pohliana

Uma grande espécie de arbusto com rebentos retos e fracamente ramificados, atingindo uma altura de 1 metro. As folhas são verdes suculentas, rosa pálido, flores múltiplas são coletadas em inflorescências-orelhas curtas.


Assista o vídeo: Pablo Picasso - Guernica 1937